50 Anos Falando Sozinho

R$30,00 R$15,00

Annibal Augusto Gama

FUNPEC-Editora

2002, p 618

Annibal Augusto Gama, neste livro, nos ensina que a poesia, ao contrário dos amores apressados, tem a virtude da espera. Mais do que essa virtude, a poesia sabe recolher-se ao silêncio astuto de sua grandeza clandestina. E quando a clandestinidade do verbo poético se rompe, faz-se a luz. Para o encontro inaugural com a amplitude da poesia, uma das chaves é a compreensão do tratamento que o poeta dá ao seu “eu”. O “eu” lírico de Annibal não se dissocia, ele se bifurca, continuando a ser sempre o mesmo. A relação desse “eu” com o “outro” é, portanto, coesa em sua ambigüidade.

259 em estoque

SKU: 8587528343 Categoria: Tags: ,