A Avaliação do DNA como Prova Forense

R$30,00 R$15,00

FUNPEC-Editora

2001, p 283

Em 1992 o Conselho Nacional de Pesquisa publicou A Tecnologia do DNA na Ciência Forense, que documentou a situação de então deste campo emergente. A Avaliação do DNA como Prova Forense relata como esta prova é interpretada nos tribunais, inclui desenvolvimentos que aconteceram em genética de populações e estatísticas desde a publicação do livro original e comenta sobre afirmações contidas no volume original que se monstraram controversias ou que foram aplicadas de modo errôneo nos tribunais. Este livro oferece recomendações para manusear amostras de DNA, para realizar cálculos e sobre outros aspectos do uso do DNA como uma ferramenta forense – modificando algumas das recomendações prévias. O livro trata da determinação do perfil de DNA e faz considerações sobre como os erros de laboratórios (particularmente falsas combinações) podem surgir, como os erros podem ser reduzidos e como levar em conta o fato de que a taxa de erro não pode nunca ser reduzida a zero. Também se discute a interpretação do achado de que o perfil de DNA de um suspeito ou vítima combina com a prova de DNA. A Avaliação do DNA como Prova Forense também inclui controvérsias em genética de populações, explorando os probemas que surgem da miscigenação de grupos e subgrupos na população americana e como isto pode ser levado em conta no cálculo de freqüências. Este livro examina assuntos estatísticos ao interpretrar freqüências como probabilidades, incluindo ajustamentos quando um suspeito é encontrado através de pesquisa em um banco de dados. O livro inclui uma discussão detalhada do significado que suas recomendações teriam nos tribunais, acompanhada por numerosas citações de casos reais.

52 em estoque

REF: 8587528238 Categoria: Tag: